//
Leia...
Deguste, Literatura, Livros

[Deguste] A sombra do vento

Quando pego em um livro a minha primeira reação é conferir a contracapa. Quando ganhei A sombra do Vento da minha amiga Marília Pedroza não foi diferente. Conferi a breve sinopse e uma frase me chamou bastante atenção. Ao final do texto, o livro é definido como “uma obra sedutora”. Achei pretensioso, porém, sedutor é o adjetivo perfeito para definir esta obra. Afinal, quando o leitor se depara com as primeiras páginas do livro de Carlos Ruiz Zafón percebe o quão difícil será largá-las. É uma obra que prende até a última página. Por isso, fiz questão de escrever sobre ela no Deguste.

Sinopse
‘A sombra do vento’ é uma narrativa de ritmo eletrizante, escrita em uma prosa ora poética, ora irônica. O enredo mistura gêneros como o romance de aventuras de Alexandre Dumas, a novela gótica de Edgar Allan Poe e os folhetins amorosos de Victor Hugo. Ambientado na Barcelona franquista da primeira metade do século XX, entre os últimos raios de luz do modernismo e as trevas do pós-guerra, o romance de Zafón é uma obra sedutora, comovente e impossível de largar. Tudo começa em Barcelona, em 1945. Daniel Sempere está completando 11 anos. Ao ver o filho triste por não conseguir mais se lembrar do rosto da mãe já morta, seu pai lhe dá um presente inesquecível; em uma madrugada fantasmagórica, leva-o a um misterioso lugar no coração do centro histórico da cidade, o Cemitério dos Livros Esquecidos. O lugar, conhecido de poucos barceloneses, é uma biblioteca secreta e labiríntica que funciona como depósito para obras abandonadas pelo mundo, à espera de que alguém as descubra. É lá que Daniel encontra um exemplar de ‘A Sombra do Vento’, do também barcelonês Julián Carax. O livro desperta no jovem e sensível Daniel um enorme fascínio por aquele autor desconhecido e sua obra, que ele descobre ser vasta. Obcecado, Daniel começa então uma busca pelos outros livros de Carax e, para sua surpresa, descobre que alguém vem queimando sistematicamente todos os exemplares de todos os livros que o autor já escreveu.

Esta é uma daquelas obras que merecem ser apreciadas com muita sensibilidade. A sombra do vento de Carlos Ruiz Zafón, é um daqueles livros que você lê e saboreia a importância de cada palavra. A maneira  simples, porém tocante e profunda que o escritor espanhol escreve transporta por completo o leitor para Barcelona da década de 40.  Sob a perspectiva do jovem Daniel Sempere, personagem principal, Zafón carrega a avidez e curiosidade da criança ao longo de toda a obra. A medida em que Daniel se sente mais absorto pelos mistérios que rondam as obras de Júlian Carax, mais preso o leitor se vê a narrativa. É como se a cada capítulo uma cortina fosse sendo aberta para um palco e um cenário diferente. Afinal, A sombra do Vento não é nada previsível.

Além de conseguir prender o leitor à história, um dos pontos mais fortes da obra de Zafón é a forma como ele descreve os personagens, sobretudo os ambientes. Ele é tão coerente, suas descrições parecem tão verdadeiras que passam longe de serem enfadonhas. Elas são elaboradas com tamanha riqueza e sutileza que, em inúmeras passagens, é quase possível sentir os cheiros das ruas, a umidade do ar e as sensações vivenciadas pelos personagens. Aliás, em muitos momentos, os personagens parecem reais. Até mesmo o misterioso Júlian Carax parece real. Afinal, quantos escritores vivem no anonimato?

Escritor e anonimato; livros raros e esquecidos. Melhor do que descrever muito bem e inebriar o leitor com a aventura por traz destes elementos, é mostrar, por meio destes, a importância da leitura e como estas obras podem nos levar para outras realidades e outras experiências de vida. O cemitério dos livros esquecidos, as obras perdidas de Carax nos fazem refletir sobre a riqueza de cultura que muitos deixam de apreciar, da fonte de conhecimento que muitos podem deixar de consumir. É um enredo que, além de aventura, é repleto de amor pela leitura. Simplesmente apaixonante.

Anúncios

Discussão

Nenhum comentário ainda.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Instagram

Houve um erro ao recuperar imagens do Instagram. Uma tentativa será refeita em poucos minutos.

Twitter

Erro: o Twitter não respondeu. Por favor, aguarde alguns minutos e atualize esta página.

%d blogueiros gostam disto: