//
Leia...
Literatura, Livros

[Artigo] Hoje é dia do escritor e o que temos para comemorar?

Gosto de datas comemorativas por me fazerem pensar e neste dia 25 de julho há muito para se refletir, falar e discutir sobre o mundo que cerca os escritores. Afinal, não é novidade que a falta de interesse da maioria dos brasileiros pela leitura faz parte dos temas centrais de inúmeras discussões do universo literário. Dados de pesquisas como a realizada este ano pelo Instituto Pró-livro, que apontam apenas 50% dos brasileiros como leitores,  são preocupantes e a solução para tal comportamento parece cada vez mais distante. No entanto, tenho percebido, paralelamente,  que o mundo da literatura parece fechar os olhos a uma possível saída para o desinteresse da população brasileira pelos livros.

Se você digitar no Google “literatura de entretenimento” encontrará diversos artigos, como este que estou me propondo a escrever, tratando sobre o preconceito de muitos críticos a obras de linguagem simples, porém de grande alcance de vendas. Eu sei, é um tema delicado, polêmico e claro que seria maravilhoso se grande parte da população do País se interessasse em ler um Guimarães Rosa. Todavia, exigir apreço por obras de linguagem rebuscada a um povo que não possui o hábito de ler é pedir que este público continue distante da literatura, transformando o meio literário em um grupo cada vez mais seleto, formado por pesudointelectuais inacessíveis. Excluir das críticas, debates e quaisquer outros eventos/atividades autores e obras que entretenham o público é excluir a chance de conquistar mais leitores. Claro que um péssimo livro sempre será um péssimo livro. Mas, um livro de Paulo Coelho – eu sei, eu sei que alguns narizes serão entortados neste momento – deve ser considerado uma porcaria? Obras que conquistam o mundo devem ser consideradas pseudoliteratura?

Ler deve ser prazeroso. A leitura deve nos fazer sonhar, viajar para onde queremos sem tirarmos os pés do chão, conhecer novas realidades, vivenciar outras experiências. Ler também é lazer. Aliás, ler é o lazer em pensar, em adquirir conhecimento, cultura. Certa vez li um artigo que citava uma declaração do professor Pasquale Cipro Neto na qual dizia não ler Harry Potter por que não lhe acrescentava nada. Muito me admira um linguista pensar desta maneira, uma vez que a obra de J.K. Rowling foi responsável por resgatar e conquistar – e continua conquistando – jovens da Internet para os livros. São inúmeros os fãs dos livros da escritora britânica que desenvolveram o gosto pela leitura, alguns até o prazer por escrever.

Se elencarmos o número de blogs literários que têm surgido nos últimos tempos, perderemos as contas. Sendo assim, eu pergunto a você, caro leitor: sobre que tipo de literatura estes blogs tratam? Quais são as resenhas mais lidas? Não duvido nada que sejam sobre Jogos Vorazes, Cinquenta tons de cinza, Game of Thrones. Pergunto-me por que então, os críticos, os estudiosos, enfim, os profissionais gabaritados ou renomados do meio literário teimam em ignorar a literatura de entretenimento? Por que ignoram que esta pode ser a porta para os demais livros, para as demais obras clássicas? É preciso acabar com este preconceito já! O público que mais consome livros no Brasil, atualmente, são jovens. E estes jovens adoram literatura de entretenimento, fazem fila em lançamentos destes livros e juntam dinheiro para comprar suas obras favoritas  na pré-venda. Excluir este fato é fechar uma porta para a leitura.

Aos que se interessam pela discussão, recomendo lerem: “Geração Subzero – 20 Autores Congelados pela Crítica e Adorados pelos Leitores” e os artigos do Digestivo Cultural  e Subtítulo.

Anúncios

Discussão

Nenhum comentário ainda.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Instagram

Houve um erro ao recuperar imagens do Instagram. Uma tentativa será refeita em poucos minutos.

Twitter

Erro: Assegure-se de que a conta Twitter é pública.

%d blogueiros gostam disto: