//
Leia...
Entrevista

[Entrevista] Que tal um clube do livro?

122160208611917250_gm047ocx_f_large

É fato: quem gosta de ler adora falar sobre livros e, mais ainda, discutir sobre as estórias das obras, cogitar finais alternativos, reclamar da personagem irritante e, muitas vezes, do modo como o autor escreve. Aposto como você – presupondo que você goste de ler – já se deparou com uma obra tão boa, que gostaria que todos ao seu redor desfrutassem do mesmo prazer que você sentiu no momento em que folheava cada página do livro.  Quando li As vantagens de ser invisível, por exemplo, queria que todos os meus conhecidos também lessem. Na realidade eu queria urgente uam pessoa para conversar sobre a estória de Charlie, que eu achei simplesmente maravilhosa.

Então imagine, meu caro leitor, um espaço, um chat na verdade, onde você pode discutir vários livros com várias pessoas que também leram as obras? Incrível, não é? Bem, eu achei genial quando descobri que a Jéssica Damas (Jess Damas), 22, do blog Escritores Exilados, está montando um Clube do Livro. Não pensei duas vezes antes de convidá-la a dar uma entrevista para o Folha Volante. Confere só:

                                          

Folha Volante: Como surgiu a ideia de criar o “Escritores Exilados”?

Jess DamasEstou começando a trabalhar como redatora e revisora de textos freelancer, então criei o blog como um portfólio para atrair clientes. Os blogs literários também me incentivaram. Visito dezenas e há muito tempo queria fazer um, mas deixei a ideia de lado porque eu seria só mais uma em um milhão. Queria algo novo, um espaço para reunir leitura e escrita de uma maneira diferente. E voilà!

FV: E a sua paixão por livros, da onde vem? Desde sempre você gosta de ler?
JD: Confesso: a culpa é do Harry Potter. Eu tinha 11 anos quando comecei a ler. Mas só me tornei uma leitora assídua depois dos 20, quando decidi que faria Letras.
FV: No blog você dá dicas para quem quer escrever, você escreve? Caso sim, que tipo de histórias você escreve e já publicou alguma? Ou só gaveta?
JD: E como escrevo! Sou contista, embora eu raramente mande meus contos para concursos – admito, é puro desleixo meu. Por ora, eles e algumas prosas aleatórias estão publicados no Recanto das Letras. Além disso, tenho uma fanfic um tanto órfã no Fanfic Obsession; chama-se Underclass Hero, um drama que planejei transformar em meu primeiro livro. Desisti da ideia, pois quero mais bagagem literária antes de publicar qualquer coisa.
FV: Você tem uma proposta de criar uma espécie de sala de chat para discussões de livro. O que achei particularmente, super bacana. Explica um pouquinho como é a ideia e como você decidiu criar?
JD: Criei o Clube do Livro para aqueles que passam a frustrante situação de terminar uma leitura e não têm alguém para trocar ideias a respeito. Nessa ala, um livro será proposto a cada mês e quem quiser participar precisa lê-lo dentro de aproximadamente 30 dias. Após esse prazo, terá um espaço para que  todos possam compartilhar o que acharam do livro escolhido, comentários que gostariam de fazer, um capítulo em especial que gostariam de apontar, as entrelinhas, as teorias. Afinal, um livro é, na verdade, infinitos livros na mão de cada leitor. Quanto ao espaço para um chat, penso em fazer um grupo para isso no Facebook. É prático e permite que leitores levantem conversas sobre livros de meses passados, independente daquele que esteja sendo discutido naquele período.
FV: Como é feita a escolha do livro em debate? Você que escolhe ou está aberto para a participação do público?
JD: A participação do público é imprescindível. Cogitei a ideia de fazer uma enquete, mas os resultados seriam, provavelmente, a favor de livros muito manjados que estão em todos os blogs literários. Eles também serão discutidos, porém não quero que as discussões se restrinjam somente a livros “da moda”. Pretendo equilibrar os campeões de vendas com tesouros que passaram despercebidos pelas livrarias.
FV: Você disse que a discussão é sempre sobre o livro do mês. Você pretende abrir os debates em um dia fixo de cada mês?
JD: Não, é preciso que o espaço do debate seja muito flexível, para que todos possam participar. Por isso pretendo levar os debates a um grupo do Facebook, para garantir total liberdade ao leitor de comentar sobre qualquer livro proposto.

Então, gostaram da ideia da Jess? Eu adorei! Confere só o blog dela:http://escritoresexilados.blogspot.com/

Anúncios

Discussão

Nenhum comentário ainda.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Instagram

Houve um erro ao recuperar imagens do Instagram. Uma tentativa será refeita em poucos minutos.

Twitter

Erro: o Twitter não respondeu. Por favor, aguarde alguns minutos e atualize esta página.

%d blogueiros gostam disto: